sexta-feira, 16 de março de 2018

Sem língua nem rabo presos

Se existe uma virtude, esta o secretário de Saúde de São Bento Sul, médico Manoel del Olmo tem. Não ter medo da verdade, não possuir língua presa nem rabo amarrado sequer com seus confrades. Às vezes paga caro pela sua franqueza,  é até incompreendido, mas não foge da raia. Para mim pessoalmente a escolha mais acertada do prefeito Magno para compor sua equipe e em uma área que exige coragem e determinação. Dizem que teimoso é quem teima com alemão, mas acredito que corajoso é médico que bate de frente com sua própria categoria. Ouvi dele ontem:

Sobre a contratação do Hospital do Rocio - "A concorrência faz bem à saúde"
- O Sagrada Família melhorou sua gestão e o atendimento.
- Provem que são capazes de atender toda a demanda e a alta complexidade sem depender do Governo do Estado.
- Na semana passada fui chamado ao Hospital a noite pois o Pronto Atendimento foi fechado por falta de acomodação de pacientes. UTI lotada, leitos igualmente. nem maca sobrou. Até os Bombeiros foram alertados para não conduzir mais ninguém para o Hospital. Foi quando em conversa com o diretor fiz menção de transferir pacientes para o Rocio com o que ele não concordou. Na madrugada mesmo foi resolvido o problema.
- Vejo luz no fim do túnel com esperança que vai melhorar.
- O Hospital vive de Teto - que é o limite imposto pelo SUS.Sobrou para o Município. Em 2016 extrapolou em R$ 61 mil, dos quais já repassamos R$ 19 mil, 
- Em 2017 - extrapolou em R$ 561 mil que teremos que pagar. Falha na auditoria que não fiscalizou os gastos. Felizmente agora vamos ter um novo auditor com  a aposentadoria do Maluf.
- Vamos fazer um concurso bem rápido para selecionar um novo auditor e também para contratação de novos profissionais.
Falou e disse.

Alerta vermelho
Durante reunião da Comissão de Finanças e Tributação da Assembleia, ontem, o deputado Roberto Salum deu uma informação que causou alvoroço entre os parlamentares.
Segundo ele, em um almoço com representantes da bancada do PMDB, o governador Eduardo Pinho Moreira teria feito um relato da situação financeira do Estado e afirmado que terá dificuldades em honrar em dia a folha de pagamento do funcionalismo até o fim do ano. Além disso, segundo o deputado, Pinho Moreira teria revelado que vem sendo aconselhado a não assumir o governo definitivamente em abril por causa da grave crise financeira. (Coluna do Cacau DC)
Aí será o fim do MDB em SC vai S F D

15 no 15
Faltou esperteza e criatividade. Embora tenha chegado em cima da hora e o ato regado a muita chuva, o Progressitas que comanda a prefeitura Municipal não soube a exemplo do que o fazia o PMDB, marcar o ato para às 11:00 do dia 11.

Não se iludam
O convite acima foi apenas para assinatura da ordem de serviço e do contrato para elaboração do Estudo Ambiental e do Relatório de Impacto Ambiental (EIA/RIMA) do Contorno Central Norte, que prova o que já escrevi em outras notas. A obra começou sem nenhum planejamento e tudo não passa apenas de uma ideia. A pergunta que se faz: E se não for aprovado o Estudo para onde será transferida a ponte?

Todo cuidado é pouco
Quando os governantes pensam que pode acontecer, a tragédia já está anunciada. Os comentários sobre possível atraso nos salários dos servidores públicos estaduais é sinal que a água já bateu na bunda. Cuidem-se. Mirem-se no exemplo Paulo Afonso. Cuidado com o cheque especial, empréstimos pessoais e prestações.


Tadinhos
Juízes federais realizaram na quinta-feira (15) uma mobilização nacional pela manutenção do auxílio-moradia. Está previsto para este mês o julgamento de uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) sobre o direto da categoria em receber o benefício, com valores de até R$ 4,3 mil mensais.
Sempre fui avesso a greves e paralisações. Achava que quem não estivesse satisfeito com salário e outros benefícios que mudasse de emprego. Mudei radicalmente após ver certas injustiças. Estou com os Juízes. Já pensou você perder R$4,300,00 por mês. E, eu então teria que trabalhar cinco meses para devolver um. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário